Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/1044
Authors: Lima, Joeslan Rocha
metadata.dc.contributor.advisor: Souza, Lucas Barbosa e
Title: Dinâmica climática, queimadas e doenças respiratórias em Palmas – TO
Keywords: Climatologia; Análise Rítmica; Queimadas; Palmas – TO; Climatology; Rhythmic Analysis; Burned
Issue Date: 29-Jun-2018
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geografia - PPGG
Citation: LIMA, Joeslan Rocha. Dinâmica climática, queimadas e doenças respiratórias em Palmas – TO.2018. 102f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Porto Nacional, 2018.
metadata.dc.description.resumo: O clima, fruto da sinergia Sol/Terra, é o principal influenciador na qualidade de vida dos organismos. Os primeiros efeitos, negativos, para o ser humano, que surgem dos processos de adaptação ao meio e de alteração do mesmo, normalmente, são as doenças. Quando relacionadas às dinâmicas climáticas, essas patologias, muitas vezes, atingem o aparelho respiratório. Um bom local para perceber essas relações é a cidade, pois aí os processos são mais intensos. Palmas, capital do Tocantins, é o aglomerado urbano com problemas ambientais mais vultuosos no Estado. Esta dissertação busca entender como se dá a relação entre clima, queimadas e doenças respiratórias e suas repercussões nos habitantes de Palmas – TO. Os anos utilizados para análise foram 2002, 2004 e 2006, a escolha se deu a partir da classificação pelos padrões seco, habitual e chuvoso. Três recortes temporais foram escolhidos para representar períodos diferentes em cada ano. Os resultados estão apresentados em gráficos de análise rítmica e em quadros. Como subsidio à análise, foi realizada uma entrevista com uma especialista em doenças do sistema respiratório e foi feita uma busca, em arquivo, de reportagens jornalísticas que tratam do tema deste trabalho em igual período. O ano de 2002 teve maior número de internações por doenças respiratórias e 2006 registrou menos casos desta natureza. Chamou atenção a fato de 2006 ser um ano em que a urbanização atingiu maiores níveis em Palmas, em detrimento aos outros dois anos estudados. Em relação às queimadas, pelo menos, a nível de internação, não se observou nenhuma correlação direta com doenças respiratórias. Porém em 2002, ano com mais casos de internação, os focos de queimadas também foram em maior quantidade que 2006. As análises mostram que há doenças respiratórias ao longo de todo ano, porém estas doenças são distintas em cada período, seco ou chuvoso. Fato que sugere a necessidade de maior aprofundamento nas pesquisas que tratam dessa temática, sobretudo, que se busque individualizar os tipos de doenças em cada período.
Abstract: The climate, the result of the Sun / Earth synergy, is the main influencer in the quality of life of organisms. The first negative effects for humans that arise from the processes of adaptation to and modification of the environment are usually diseases. When related to climatic dynamics, these pathologies often reach the respiratory system. A good place to perceive these relationships is the city, because there the processes are more intense. Palmas, capital of Tocantins, is the urban agglomerate with the most significant environmental problems in the State. This dissertation tries to understand how the relationship between climate, burnings and respiratory diseases and its repercussions in the inhabitants of Palmas - TO. The years used for analysis were 2002, 2004 and 2006, the choice was based on classification by dry, usual and rainy patterns. Three temporal cut-outs have been chosen to represent different periods in each year. The results are presented in graphs of rhythmic analysis and in tables. As an aid to the analysis, an interview was conducted with a specialist in diseases of the respiratory system and a search was made, on file, of journalistic reports that deal with the theme of this work in the same period. The year 2002 had more hospitalizations due to respiratory diseases and 2006 registered fewer cases of this nature. It was noted that 2006 is a year in which urbanization reached higher levels in Palmas, in detriment to the other two years studied. In relation to burnings, at least at the hospitalization level, no direct correlation with respiratory diseases was observed. However in 2002, a year with more cases of hospitalization, the outbreaks of burnings were also higher than in 2006. The analyzes show that there are respiratory diseases throughout the year, but these diseases are distinct in each period, dry or rainy. This fact suggests that there is a need for further research in this area, especially in order to identify the types of diseases in each period.
URI: http://hdl.handle.net/11612/1044
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Joeslan Rocha Lima - Dissertação.pdf4.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.